17 de Fevereiro de 2016 chastinet

Divisórias vazadas limitam espaços sem isolá-los

As divisórias vazadas são uma ótima alternativa para quem quer delimitar espaços, mas sem isolar completamente o vão. Estantes, cobogós, biombos, grades e painéis com recortes criam aconchego e melhoram a iluminação e circulação de ar, isso sem perder amplitude e ainda agregando um toque de charme e personalidade à decoração.

Elas caem super bem em imóveis pequenos, para melhorar a funcionalidade dos cômodos e a comunicação entre eles. É possível, com o uso deste recurso, promover a integração parcial dos ambientes, ocupando pouco espaço e valorizando o local. As divisórias vazadas se adaptam a qualquer estilo de decoração, pois estão disponíveis em uma variedade imensa de formas e materiais.

divisórias05

Também não há indicação específica de ambiente, elas podem ser usadas da cozinha ao quarto, tanto em ambientes residenciais quanto em estabelecimentos comerciais. “As possibilidades são infinitas e nos permite criar inclusive novos ambientes sem a necessidade da realização de grandes reformas”, destaca a Arquiteta Milena Chastinet, sócia e diretora técnica do escritório Chastinet Arquitetura, Urbanismo e Engenharia.

divisorias01

Vejam abaixo algumas opções disponíveis no mercado.

1.Biombos – Podem ser feitos em MDF, com desenhos, cores e tamanhos variados.

2.Persiana de tecido – São feitas de tecido poliéster, com recortes especialmente geométricos.

3.Persiana de madeira – Promovem efeito estilo os painéis de madeira e estão disponíveis em cores diversas.

4.Vidro com adesivo – É utilizado vidro temperado incolor com adesivos recortados colados no vidro. Apesar de não permitir a ventilação, é uma opção mais acessível.

5.Cobogó – Exige uma pequena obra, pois é feito de cimento, argila ou cerâmica, instalado com argamassa e depois pintado.

6.Metálicos – São vazados em chapas de aço, fabricados em diversas espessuras e modelos. A instalação é feita com buchas e parafusos.

Tagged: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *